Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ficaasaber

ficaasaber

Biblioteca...

Seg | 04.02.13

Sherrilyn Kenyon e a Saga "The Dark-Hunters"

Titinha

 

 

 

Conheci esta autora, quando resolvi adquirir um pack onde vinha o primeiro da série juntamente com o livro "Recife" da Nora Roberts, na altura comprei mais por causa do livro da Nora, porém achei que valeria a pena e se não gostasse não chorava muito o dinheiro!

Quem lê a saga, sabe que o primeiro livro nada tem a ver com a mesma, isto é pouco nos dá a conhecer o mundo dos "Dark-Hunters" porém para primeiro livro, o livro que me levou a conhecer a escrita da Sherrilyn foi muito bom, deixando-me completamente rendida à saga, de uma tal maneira que foi logo adquirir o seguinte, esse sim, já "tocava" no mundo dos Dark-Hunters e o qual me foi apresentado a personagem que mais "amei", Acheron!

 

Um pouco da história no seu global.

Cada livro retrata um guerreio, um Deus, um ser. A própria Saga é "dividida" em Dark-Hunter, Dream-Hunter e Were-Hunter... Predadores da Noite, Predadores dos Sonhos e Predadores dos Homens, em português, devo admitir que a principio demorou um pouco a entrar nesta "divisão" mas como se diz, "primeiro estranha-se, depois entranha-se" e aconteceu isso comigo. Também entram nas histórias, nos livros muitos Deuses Gregos, Romanos e Atlantes.

Como é lógico, temos os humanos mas também uma "raça" chamada Apollites que mais tarde se podem tranformar em Daimons.

 

Dark-Hunter (Predadores da Noite) - Normalmente são guerreiros antigos, desde Romanos, Celtas, Gregos, que por algum motivo foram brutalmente assassinados, e na hora da sua morte venda a alma a Artémis, Deusa Grega da fertilidade, caça, parto e pragas, os transformando em Dark-Hunter, homens imortais, sem alma que vivem de noite (o sol faz-lhe mal), e um dos motivos para existirem é exterminar o Daimons.

Artémis é irmã gémeas do Deus Apollo.

 

Dream-Hunter (Predadores dos Sonhos) - São Deuses, entrar nos sonhos dos outros sejam humanos, Deuses ou predadores, para darem um pouco de paz, porém este dividem-se em duas "classes" mas para não entrar muito "por ai", basta dizer que uma das "classes" são os renegados, os "bad boy"...

 

Were-Hunter (Predadores dos Homens) - Como explicar, pudesse dizer que são um variante dos Apollites, foram "criados" quando um rei, que se apaixonou-se por uma mulher Apollites e conhecendo a sua maldição, sendo ele também um mágico (se a minha memória não me atraiçoa), fundio o ADN dos Apollites com animais. Aqui também há duas "classes" diferentes, os que a sua essência é humana, e os que é animal. 

 

Apollites - Filhos de Apollo, criados por este. Porém quando lhe mataram a amante humana e o filho, ao 27 anos da mesma, lançou-lhe a maldição que todos eles só vivem até aos 27 anos e como não os queria ver e sendo ele o Deus do sol, morriam se andassem de dia.

 

Daimons -  São os Apollites que para não morrerem ao 27 anos, começavam a consumir alma humanas.

 

Até este momento em Portugal, foram editados 14 livros. Porém a autora prepara em Agosto o lançamento do 23º livro.

 

1º - Amante de Sonho (Fantasy Lover): Julian e Grace, neste livro ainda não nos é apresentado o mundo dos Dark-Hunter, foca-se sim na maldição de um guerreiro, este ficou preso num livro e foi transformado em escravo sexual, e será Grace quem tentará quebrar essa maldição. Devo desde já informar, que todos os homens desta série são digamos que lindos.

 

2º - Prazer da Noite (Night Pleasures Hardback): Kyrian e Amanda, foi aqui que conheci pela primeira vez o Predador da Noite, Kyrian guerreiro que foi atraiçoado, o que o levou à sua própria morte e Amando uma mulher que "quer" ser normal e não ter nada a ver com uma família ligada ao paranormal. Mas vesse envolvida com um guerreiro imortal e que tudo fará para lhe devolver a alma. Aqui conheci o protagonista do próximo livro.

 

3º - O Abraço da Noite (Night Embrace): Talon e Sunshine, neste livro foi-me apresentado mais dois predadores da noite, que terão os seus próprios livros, Zarek e Valerius. Este livro descreve-nos o envolvimento de deuses na libertação da deusa da destruição, Talon e os restante, irão fazer tudo para que isso não aconteça, é aqui que comecei a ter um pequeno/grande "fetiche" pelo enigmático e maravilhoso Acheron, chefe dos predadores. 

 

4º - Dança com o Diabo (Dance With The Devil): Zarek e Astrid, este será um dos predadores que mais sofreu em vida... Depois de fazerem com que ele cometesse alguns erros no livro anterior, Artémis decretou a sua morte mas alguém de um enorme coração, consegue dar a volta e colocar a ninfa da justiça Astrid no caminho de Zarek, será esta a decretar a sentença da sua vida. Foi dos melhores livros que li, adorei este guerreiro.

 

5º - O Beijo da Noite (Kiss of the Night): Wulf e Cassandra, é neste livro que tomamos conhecimento da perspectiva dos "vilões" da série, Cassadra é última da linhagem com o sangue de Apollo e o destino do mundo está num acto que ela terá que realizar! Wulf, pareceu-me dos pouco predadores que não odiava o mundo, a sua transformação foi ligeiramente diferente dos restante. Gostei de saber como é que uma raça vive, sabendo que morrerá aos 27 anos. 

 

6º - Jogos na Noite (Night Play): Vane e Bride, primeiro livro de um Were-Hunter, predadores dos homens. Um dos livros com mais carga erótica, não fosse ele um lobo, Bride, uma mulher um pouco acima do "ideal" para muito homens, mas não para o lindo e maravilhoso Vane. O transformar-se em lobo, irá trazer algumas peripécias.

 

7º - Sedução na Noite (Seize the Night): Valerius, romano, cheio de "não me toques", agarrado às tradições, Tabitha, uma mulher gótica, sem os "não me toques" e dona de uma sex shop, não podia ser um par mais diferente. É neste livro que a história muda, há acontecimentos que irão transformar todos, foi dos livros mais intensos que li, foi dos livros que me levou lágrimas aos olhos.

 

8º - Pecados na Noite (Sins of the Night): Alexion e Danger, foi um livro diferente, sei que para muitos leitores o livro foi fraco sem a emoção e a adrenalina que o anterior tinha porém para mim foi perfeito por isso. Depois de sair de um livro que nos leva ao rubro, é muito bom entrar num mar calmo e azul. Lex é alguém muito especial, alguém que me fez sentir um enorme carinho. É neste livro que vejo a grandeza, o enorme coração de Acheron.

 

9º - À Solta na Noite (Unleash the Night): segundo livro de um Were-Hunter. Wren mais um "bichinho" que me chegou ao coração, somos incapazes que não ter um carinho especial por ele e Maggie, mulher à altura deste homem. Neste livro volta a aparecer uma das personagens que mais me despertou a curiosidade, sem contar com o Ash, Savitar o enigmático surfista que só ama duas pessoas no mundo e cá para mim sei quem são. É um livro que me surpreende no final, não estando nada à espera do que aconteceu.

 

10º - O Lado Negro da Lua (Dark Side of the Moon): terceiro livro de um Were-Hunter, porém Ravyn também é predador da noite, pois vendeu a sua alma à Artemis quando da sua morte e Susan, jornalista. Neste livro o que mais gostei foi da personagem feminina, ela era mordaz, irónica e de uma grande personalidade, assim como alérgica a gatos... Pior é que Ravyn transforma-se em gato!

 

11º - O Caçador de Sonhos (The Dream-Hunter): primeiro livro de um Dream-Hunter, aqui conheci uma personagem, ainda que fosse adolescente, que será muito importante no livro da Acheron. Arik foi um Oneroi, deus dos sonhos porém depois de um acto, provocado por ele ou não, passa a ser um dos piores skotos, podesse dizer que é um deus renegado e Geary, uma humana arqueóloga, que o seu objectivo de vida é descobri a Atlântida.

 

12º - O Diabo Também Chora (Devil May Cry): Sin, deus atraiçoado, roubado. E quem cometeu tal acto será alguém que estará bem ou mal, ligado a ele, Katra filha de uma pessoa muito especial. Há momentos neste livro de um enorme carinho e amor, há encontros, há recriminações e desespero. Um maravilhoso livro. Neste livro apareceu o protagonista do 14º livro, uma personagem que nos deixou com água na boca, e com uma vontade enorme de ter o livro nas mão.

 

13º - À Luz da Meia-Noite (Upon the Midnight Clear): Adron e Leta irei falar dele, no próximo post. 

 

15º - Acheron (Acheron): Acheron (Ash para os amigo) e Tory. Um livro que merece um post só dele, só digo que foi um dos livros mais intensos que li.

 

1 comentário

Comentar post